TCE-PR promove palestra sobre proteção contra golpes aplicados virtualmente

Institucional

O titular da Delegacia de Estelionatos de Curitiba ...

Uma palestra realizada pelo titular da Delegacia de Estelionatos de Curitiba, Emmanoel Aschidamini David, no auditório do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), alertou jurisdicionados e servidores sobre os riscos dos golpes aplicados usando as redes sociais. O evento foi aberto pelo presidente do Tribunal, conselheiro Fabio Camargo, que alertou sobre a importância da prevenção no uso das redes e lembrou que, semana passada, conseguiu recuperar suas contas na rede Facebook usando de meios judiciais.

A palestra "Principais Golpes Aplicados na Pandemia e Blindagem Digital", foi promovida pela Escola de Gestão Pública (EGP) do TCE, na tarde desta segunda-feira (5 de setembro). O evento gratuito, realizado no auditório do TCE-PR, teve a mediação do auditor de controle externo Gihad Menezes, da EGP.

Na abertura do encontro, o presidente do TCE-PR, conselheiro Fabio Camargo, em nome de todos os membros e servidores do Tribunal, agradeceu a David pela presença e citou a importância do aprendizado sobre como prevenir golpes e outras situações semelhantes. "A prevenção é importante pois ela nos permite ter um ganho lá na frente", afirmou.

Na ocasião, o delegado forneceu diversas informações sobre o assunto, dando exemplos dos golpes virtuais que mais comumente vêm sendo aplicados no Brasil e explicando quais medidas as pessoas, empresas e instituições públicas devem adotar para precaver-se desse tipo de situação.

"Com a pandemia, os estelionatos dispararam no Estado do Paraná. O registro desse tipo de crime aumentou em 16% de 2019 para 2020, quando houve um salto de 17.975 para 20.954 casos. Só em 2022, já tivemos um novo aumento anual superior a 20%. E a maior parte desses golpes são feitos virtualmente, pois, dessa forma, as quadrilhas são capazes de obter vantagens financeiras bastante significativas", detalhou ele.

A gravação na íntegra da palestra pode ser acessada no canal da EGP no Youtube, onde ela foi transmitida ao vivo. Aproximadamente uma centena de espectadores acompanhou o evento de forma presencial ou a distância.

 

Autor: Diretoria de Comunicação Social Fonte: TCE/PR

 
   
 

Enviar

 
   
 
   

Enviar