Acesse as páginas diretamente: Notícias: https://www1.tce.pr.gov.br/noticias

Atenção básica à saúde é foco de auditorias em dois municípios do Paraná

Plano Anual de Fiscalização

Servidores do TCE-PR reunidos com gestoras da área ...

Uma dupla de servidores do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) esteve nas regiões Norte e Central do Paraná na semana passada para avaliar os serviços de atenção básica à saúde prestados pelos municípios de Colorado e Ivaiporã. As auditorias, previstas no Plano de Fiscalização (PAF) 2024-2025 da Corte, tiveram caráter operacional, o que significa que, em caso de detecção de problemas, serão indicadas soluções aos responsáveis na forma de recomendações.

O objetivo primordial das atividades foi a avaliação da gestão da atenção básica à saúde por parte das prefeituras fiscalizadas, com foco no monitoramento de suas taxas de resolutividade e referência para a atenção especializada.

 

Equipe

Os trabalhos foram coordenados pelo gerente do PAF Saúde, Guilherme Hansen Faraj, da Coordenadoria de Auditorias (CAUD) do TCE-PR, e tiveram a participação da controladora interna da Corte, Viviane de Medeiros Pires. A atuação de equipes multidisciplinares faz parte do Programa AuditaTC, iniciativa que estimula profissionais de todas as áreas do Tribunal de Contas a participarem diretamente da fiscalização, função primordial de um órgão de controle externo.

 

Benefícios

Com ações fiscalizatórias como essas, o TCE-PR é capaz de examinar de forma independente a atuação dos gestores, contribuindo para o aperfeiçoamento da administração pública e incentivando o aprimoramento da governança, por meio da avaliação da eficiência, efetividade, eficácia e economicidade dos serviços prestados à população.

As auditorias também contribuem para que o Tribunal consiga auxiliar os administradores públicos locais na identificação e na resolução dos principais problemas relativos à área auditada, com a apresentação de recomendações de melhorias na gestão pública dos municípios visitados.

 

Autor: Diretoria de Comunicação Social Fonte: TCE/PR

 
   
 

Enviar

 
   
 
   

Enviar