Alameda TCE-PR firma compromisso do órgão com a sustentabilidade

Institucional

O vice-governador Darci Piana e Fabio Camargo plan ...

Uma iniciativa que, para além do benefício prático e imediato gerado pelo plantio de árvores, simboliza a valorização do meio ambiente e das ações coletivas. O Tribunal de Contas do Estado do Paraná inaugurou, na manhã desta quinta-feira (23), a Alameda TCE-PR, um espaço situado em frente ao estacionamento da Corte e que aponta a atenção crescente do órgão com relação à sustentabilidade. "O que estamos fazendo hoje pode parecer pequeno, mas é grandioso pelo simbolismo", declarou o presidente, conselheiro Fabio Camargo.

As obras começaram há 15 dias, em parceria com o Horto Municipal de Curitiba. O solo do gramado em frente ao Edifício-Sede da Corte de Contas, na Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico, em Curitiba, foi preparado para receber mudas de árvores da espécie Pau Brasil, Ipê Roxo e Amarelo. As mudas escolhidas, fornecidas pelo Horto, são de árvores nativas e, portanto, adaptadas ao clima local e integradas ao paisagismo da cidade.

Para o vice-governador do Estado, Darci Piana, o TCE-PR dá um exemplo quando adota uma iniciativa como essa. "Nosso Tribunal dá uma demonstração de grandeza. Aqueles que controlam as nossas contas mostram, também, sua competência e o caminho que devemos seguir", afirmou, destacando que se trata de mais uma ação que será levada à ExpoDubai, nos Emirados Árabes Unidos. A feira acontece entre 10 e 16 de outubro e é considerada uma vitrine mundial.

O vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, destacou a parceria entre o Tribunal e a Prefeitura da Capital, o que viabilizou a realização do projeto. O poder público municipal cedeu as mudas e os técnicos que prepararam o terreno para o plantio. "Em toda iniciativa que caminhar no sentido da preservação e do uso de energias renováveis, nós estaremos presentes", declarou, parabenizando o órgão pela medida. As plantas cedidas pelo Horto Municipal que restaram foram doadas.

Também estiveram presentes ao evento o procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia, a conselheira da Itaipu Binacional, Cida Borghetti, a juíza auxiliar da Presidência do Tribunal de Justiça, Fabiane Pieruccini, o deputado federal Luizão Goulart, as prefeitas de Pinhais, Marli Paulino, e de Rio Branco do Sul, Karime Fayad, os conselheiros do TCE-PR Ivan Bonilha - vice-presidente da Corte e presidente do Instituto Rui Barbosa -, Fernando Guimarães - corregedor geral do Tribunal -, Ivens Zschoerper Linhares, o auditor Thiago Barbosa Cordeiro, a procuradora geral do Ministério Público de Contas, Valéria Borba, além de diretores, coordenadores e servidores do órgão.

A presidência do TCE-PR fez questão de agradecer ao diretor do Horto Municipal, Roberto Laurini Salgueiro; ao superintendente de Obras e Serviços da Secretaria Municipal de Meio Ambinete, Jean Brasil; ao chefe do Departamento de Parques e Praças, Giovando Amorim Romanine; e ao chefe do Departamento de Produção Vegetal, José Roberto Roloff, pelo empenho em viabilizar e auxiliar o Tribunal na realização da Alameda.

 

Sustentabilidade

O plantio das árvores é apenas uma das iniciativas que integram o Programa de Sustentabilidade do TCE-PR. Uma Comissão foi criada dentro da Casa para projetar e implantar iniciativas que economizem recursos naturais e contribuam com a preservação do meio ambiente. Entre elas, a adoção de painéis solares e medidas que reduzam o consumo de energia elétrica, a emissão de poluentes e resíduos e evitem o desperdício de água. Gustavo von Bahten, diretor geral, adiantou que o órgão pretende zerar a emissão de carbono, até o final do ano.

Autor: Diretoria de Comunicação Social Fonte: TCE/PR

 
   
 

Enviar

 
   
 
   

Enviar