TCE-PR debate licitações e contratos com municípios do Norte do Paraná

Capacitação

O presidente, conselheiro Nestor Baptista, partici ...

Com mais de 600 participantes, incluindo prefeitos, secretários e técnicos de prefeituras e câmaras da região Norte, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná promoveu, nesta quinta-feira (8 de agosto), em Apucarana, mais uma capacitação sobre licitações públicas e contratos. Realizado no auditório Gralha Azul, da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), o evento foi promovido pela Escola de Gestão Pública do TCE-PR, com o apoio da Prefeitura de Apucarana.

O curso foi aberto pelo presidente do TCE-PR, conselheiro Nestor Baptista, em ato que contou com a presença do prefeito de Apucarana,  Sebastião Ferreira Martins Júnior, conhecido como Júnior da Femac; da diretora-geral do TCE-PR, Luciane Gonçalves Franco; do coordenador-geral de Fiscalização do Tribunal, Rafael Ayres; e do professor Daniel Fernando Matheus Gomes, diretor do campus de Apucarana da Unespar.

 

Prefeitos

Também participaram da abertura os prefeitos de Sarandi, Jandaia do Sul, Kaloré, Iretama, Farol, Porto Rico, Rolândia e Marilândia do Sul. O prefeito de Apucarana, anfitrião do evento, falou em nome dos demais gestores. "Para nós é uma honra receber este evento, que trata de um tema tão importante que é a gestão do dinheiro público. O curso vem ao encontro daquilo que a população deseja. As pessoas querem mais eficiência e transparência, querem ver os serviços acontecendo e que o dinheiro público seja bem empregado", destacou Júnior da Femac.

O prefeito enalteceu a iniciativa do TCE-PR de interiorizar o treinamento, reunindo em Apucarana técnicos de vários municípios. "Este momento é fundamental. Para nós é muito importante quando o Tribunal de Contas vem para o interior do Estado, trazendo orientações e formação para que nós possamos fazer corretamente as coisas. É uma oportunidade que os profissionais que lidam diariamente com essas questões estão tendo para tirar dúvidas e fazer questionamentos", frisou o prefeito de Apucarana.

 

Risco

Nestor Baptista destacou que neste ano o TCE-PR implantou o Programa de Gestão de Risco, que também deverá ser adotado pelas prefeituras. "Para que cada servidor, cada diretor, cada técnico assuma também responsabilidade. Eu estou hoje na presidência do Tribunal de Contas e o que não pode acontecer é que eu seja responsabilizado por uma falha cometida por um profissional lá na ponta e que muitas vezes eu sequer conheço. Com a Gestão de Risco, haverá a responsabilidade de todos aqueles que tiveram participação no processo", salientou o presidente do Tribunal de Contas.

O conselheiro defendeu que os municípios aproveitem os benefícios que são concedidos pelos fornecedores à iniciativa privada. "Eu, por exemplo, tomo diariamente um medicamento e descobri que, ao comprar duas caixas do remédio, ganho a terceira de graça. Por que não fazer o mesmo quando o comprador é uma prefeitura? Então, toda vez que um município adquirir 100 caixas do remédio estará ganhando 30", comparou.

 

Autor: Diretoria de Comunicação Social Fonte: TCE/PR

 
   
 

Enviar

 
   
 
   

Enviar